Image

Ações Humanitárias

Os princípios das Cruz Vermelha

Os benefícios assistenciais ofertados pela Cruz Vermelha Brasileira - Afiliada Minas Gerais, fazem parte da política de Assistência Social e são um direito do cidadão e dever do Estado. Esses benefícios são divididos em duas modalidades: o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e os Benefícios Eventuais.

O objetivo das Ações de ajuda humanitárias não é apenas de salvar vidas em circunstâncias de emergência, mas também encontrar soluções e integrar os esforços humanitários em programas de desenvolvimento.

A ajuda humanitária é aquela prestada em momentos de necessidades agudas, quando um grande número de vidas está em risco, e implica uma resposta rápida e ágil. Ou seja, essas necessidades podem surgir em consequência de desastres provocados por conflitos, epidemias, fenômenos naturais e climáticos, e turbulências sociais.

A ajuda humanitária é um conjunto de ações que tem como objetivo garantir a defesa de direitos humanos básicos para grupos em que eles estão ameaçados. Desastres naturais, guerras, conflitos, crises econômicas, dentre outros, constituem ameaças ao direito à vida, aos direitos fundamentais do ser humano e às liberdades individuais.

É o auxílio prestado por Estados, Organizações Não Governamentais, Organizações multinacionais, como a Organização das Nações Unidas, e demais atores que disponibilizam recursos materiais, como distribuição de alimentos, e imateriais, como auxílio jurídico, para populações necessitadas.

De acordo com a Global Humanitarian Assistance a ajuda humanitária “se destina a salvar vidas, aliviar o sofrimento, e manter a dignidade humana durante e após uma crise provocada pelo homem ou um desastre natural, bem como prevenir os despreparados para evitar que essas situações aconteçam”.

Instituições como a Cruz Vermelha e os Médicos Sem Fronteira são importantes atores internacionais que se dedicam a levar ajuda humanitária para diferentes lugares do mundo. Um dos eventos foi o terremoto que assolou o Haiti em 2010. O país que já era fragilizado por conflitos de diferentes naturezas necessitou de ajuda humanitária que envolvia desde a presença de forças militares até a distribuição de alimentos.

SOS-Chuvas

A campanha SOS Chuvas tem o foco nas populações de cidades de Minas Gerais que foram atingidas pelas fortes chuvas, agravando ainda mais a situação de vulnerabilidade social.

Para a sua realização, a CVB-MG busca apoio e parcerias com órgãos públicos e privados, como o Governo de Minas, Defesa Civil, Ministério Público, entre outros. Desde 2023, a campanha SOS Chuvas é realizada pela Cruz Vermelha Brasileira Afiliada Minas Gerais em parceria com o Serviço Social Autônomo - Servas.

No ano de 2022, a instituição inovou com o lançamento do Cartão Humanitário, que tem por objetivo trabalhar a dignidade e autonomia de pessoas em vulnerabilidade e situação emergencial. Com recargas únicas, as famílias beneficiadas são contempladas com a transferência direta e pontual de renda, ao mesmo tempo que movimenta a economia local em cidades atingidas. Essa ação é feita em parceria com o CRAS de cada localidade e Defesa Civil, possibilitando que o público alvo seja diretamente atendido.

As ações do SOS Chuvas consistem na arrecadação e distribuição de alimentos não perecíveis, água, materiais de higiene pessoal, material de limpeza, colchões ou através do apoio financeiro com os cartões humanitários.

Cartão humanitário

Os cartões humanitários são uma iniciativa pioneira da CVB-MG, que os distribuiu na campanha SOS Chuvas desde 2021. Em resumo, eles existem na modalidade alimentação e construção, e possuem valor fixo e único, que são entregues a pessoas com situação de vulnerabilidade social.

Os programas de transferência de renda são globalmente considerados uma das formas mais modernas de assistência social, dado o seu impacto positivo no comércio local das comunidades atingidas, e por envolverem diretamente aquelas famílias atingidas na gestão do seu benefício, dando a elas a escolha sobre como irão utilizar o valor ofertado.

Poder de escolha esse que também tem impacto positivo na saúde emocional daquelas pessoas, que podem utilizar aquele montante de acordo com os seus valores culturais, preferências de consumo, restrições alimentares e necessidades emocionais.

Institucionalmente o programa também facilita a otimização de recursos, dada a diminuição dos custos consideráveis envolvidos com armazenamento, aquisição, separação, empacotamento, combustível e logística para distribuição de toneladas de doações físicas como cestas básicas, produtos de limpeza, materiais de higiene pessoal, etc. E, num futuro próximo, com o amadurecimento da operação desse modelo pela filial, seremos ainda mais ágeis no tempo de resposta, poupando ainda mais recursos para chegarmos cada vez mais longe.

Amor Palavra Íntima

Com o objetivo de levar dignidade para mulheres em situação de vulnerabilidade social, a campanha Amor Palavra Íntima é realizada periodicamente pela CVB-MG no mês de março, quando se comemora o Dia Internacional da Mulher.

Durante o período, a campanha estimula a doação, através de apoio financeiro ou itens relacionados à saúde íntima de mulheres, como por exemplo, calcinhas e sutiãs novos, absorventes, esmaltes, batons e produtos de higiene pessoal.

Toda a arrecadação é destinada a mulheres que não têm o acesso recorrente a estes itens, como a população em situação de rua, mulheres abrigadas, vítimas de violência doméstica, migrantes, refugiadas, encarceradas, dentre outros.

Além disso, a campanha Amor Palavra Íntima também realiza debates e encontros para tratar da saúde feminina.

Leitura para todos | Doe livros e apostilas

O projeto surgiu em 2024 a partir de diversas demandas recorrentes na instituição. A primeira diz respeito ao estímulo e incentivo de leitura aos jovens aprendizes do programa Ação Jovem e à contribuição com outros projetos que lidam com a recepção e doação de livros. Além disso, as práticas sustentáveis da CVB-MG buscou soluções para fazer circular a leitura em diversos ambientes.

Por outro lado, avaliamos a dificuldade dos pais em descartar o material escolar como apostilas e livros didáticos de seus filhos. Com isso, criamos o Leitura para todos que recebe periodicamente esse material em nossa sede e realiza uma triagem sobre seu destino.

O material doado pode compor a biblioteca do Ação Jovem, ser doado para instituições que focam na distribuição de livros ou mesmo destinados à reciclagem, no caso de conteúdos obsoletos ou datados.

Para doar, é só trazer livros ou apostilas à nossa sede, que fica na Alameda Ezequiel Dias, 427 - Santa Efigênia BH, de segunda a sexta, das 9h às 17h.

 

Campanha Aqueça Minas

A campanha Aqueça Minas é uma iniciativa da CVB-MG no estado de Minas Gerais, em prol das populações vulneráveis em épocas em que ocorrem mudanças bruscas de temperatura. Isso porque, durante o inverno, estas pessoas ficam ainda mais expostas a riscos de saúde e adoecimentos.

Para isso, a campanha incentiva doações financeiras para a compra e distribuição de cobertores, agasalhos, águas e chocolates quentes. As entregas se destinam a pessoas em situação de rua e também acontecem em abrigos municipais, comunidades tradicionais e associações diversas que prestam assistência aos mais carentes.

Noite Quentinha

A ação Noite Quentinha acontece de forma pontual, durante os dias mais frios do ano em Belo Horizonte, e busca minimizar o sofrimento de quem está em situação de rua quando há uma redução brusca da temperatura na capital mineira.

Para isso, equipes de colaboradores e voluntários da CVB-MG preparam chocolate quente e percorrem diferentes pontos da cidade para distribuir para pessoas que sofrem com a incidência do clima. Além do chocolate, são distribuídos cobertores e água.

Casa de Passagem

 

De acordo com agências da ONU, apenas considerando o número de venezuelanos que deixaram o país, ultrapassa 5 milhões de pessoas e o Brasil seria o quinto destino procurado por eles.

Por isso, a CVB-MG possui o programa Casa de Passagem, que funciona como um dos momentos de acolhimento de refugiados no Brasil.

Após a recepção, orientação, identificação e regularização migratória de todos os refugiados, pretende-se com a iniciativa garantir os direitos essenciais e humanitários de cada pessoa.

Uma grande força-tarefa humanitária acontece com o apoio da Cruz Vermelha e órgãos como Forças Armadas, Ministério da Cidadania; Polícia Federal; Receita Federal; Defensoria Pública da União (DPU); Tribunal de Justiça de Roraima; Organização Internacional para as Migrações (OIM); Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR); Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA).

Calor Humano

 

Com previsão para arrecadar doações até final de agosto, a campanha Calor Humano realiza arrecadação de roupas e acessórios de inverno para serem distribuídos para Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) e entidades de Belo Horizonte e Região Metropolitana cadastradas no Servas. As cidades mais frias do estado de Minas Gerais também serão contempladas e receberão doações de roupas.

O que doar?

  • Cobertores;
  • Par de sapatos ou tênis;
  • Par de meias;
  • Casacos;
  • Camisa de manga longa;
  • Calças;
  • Gorros;
  • Cachecóis;
  • Luvas.


O que não pode doar:

Um sapato somente, tênis rasgado, meia furada, casacos rasgados, cobertores sujos e/ou rasgados, camisas molhadas, rasgadas e com odor, e materiais que estejam estragados.

A realização é do Servas - Serviço Autônomo e tem apoio da CVB-MG, que auxilia na captação, divulgação, seleção e distribuição das doações recebidas.

É importante reforçar que a CVB-MG não é ponto de coleta da campanha, mas irá ajudar o Servas na seleção e logística de entrega dos itens arrecadados.

Junho Vermelho

Durante o mês de junho, para conscientizar os mineiros sobre a importância da doação de sangue, a CVB-MG realiza a campanha Junho Vermelho, onde convoca colaboradores, parceiros e voluntários a doarem sangue nos pontos de coleta distribuídos pela cidade e interior.

A prática busca contribuir para que o hemocentro do estado mantenha os níveis adequados de sangue e possibilite o atendimento completo às demandas. Para isso, a campanha Junho Vermelho utiliza de material informativo, realiza blitz de conscientização e palestras sobre o assunto.

Setembro Amarelo

 

  • A campanha “Vida, como te quero” faz parte das ações realizadas pela CVB-MG durante o mês de setembro. O foco é construir um canal de comunicação entre profissionais de saúde mental e psicológica e o público, de modo a criar atividades que fomentem a discussão sobre o tema.

Para isso, são elaborados conteúdos que esclarecem mitos e verdades sobre o suicídio, como buscar ajuda e quais práticas sociais podem contribuir para que os números sejam cada vez menores.

A importância da campanha se relaciona diretamente à necessidade de falar sobre o tema sem tabus, apresentar alternativas de tratativas e, por fim, fortalecer vínculos para que a prevenção ao suicídio seja contínua e eficiente.

Para quem estiver precisando de ajuda, segue os links abaixo: 

Material de apoio

  • Cartilha: Como manejar estresse e ansiedade
    Clique aqui
  • Procura um psicólogo que atende com preço social?
    Clique aqui

 

Outubro Rosa

Anualmente, durante o mês de outubro, a CVB-MG promove a campanha “Mama, vamos falar sobre isso?”, onde realiza diversas atividades interativas com o público em foco. Além disso, são feitas palestras, rodas de conversa e produzido material informativo sobre a prevenção do câncer de mama através do autoexame e acompanhamento regular de um profissional de saúde. Ações em instituições e clínicas também são realizadas no intuito de apoiar os pacientes em tratamento. 

O objetivo é contribuir na reflexão sobre a mudança de atitudes que permitam às mulheres compreenderem a importância da prevenção, autocuidado e desmistificação das questões ligadas ao tema. Por fim, a CVB-MG também insere na pauta informações referentes à prevenção do câncer no colo do útero.

Novembro Azul

Anualmente, durante o mês de novembro, o foco da campanha da CVB-MG é a saúde íntima masculina e o reforço da importância da realização do exame de próstata nos homens com idade acima de 40 anos.

Através de atividades e ações educativas de saúde como rodas de conversas, palestras, oficinas, confecção de material gráfico, oportunizamos também a discussão de outras doenças que acometem o público masculino.

Em parceria com a Abrasel-MG, desde 2022, a campanha “Câncer de próstata, vamos falar sobre isso?” adesivou nos banheiros masculinos de diversos bares em Belo Horizonte e Governador Valadares, informações importantes para prevenir a doença.

Endereço
Alameda Ezequiel Dias, 427 - Centro
Belo Horizonte – MG
CEP: 30130-110

Telefone

(31) 3239-4200

Cadastre seu e-mail e receba nossas notícias, novidades e informações sobre cursos e atividades.

Cadastre seu e-mail e receba nossas notícias, novidades e informações sobre cursos e atividades.

Endereço
Alameda Ezequiel Dias, 427 - Centro
Belo Horizonte – MG
CEP: 30130-110

Telefone

(31) 3239-4200